terça-feira, 31 de agosto de 2010

A democracia à brasileira: nós votamos, e a Justiça Eleitoral diz quem governa

Exelente artigo de José Carlos de Assis: "Agora que estamos sob a proteção da Lei das Mãos Limpas, convém refletir um pouco sobre os rumos da democracia brasileira sob a guarda da Justiça Eleitoral. Estou profundamente preocupado. Desconfio de que, a pretexto de evitar a corrupção e tirar do poder os maus políticos, muita injustiça está sendo cometida justamente contra os bons políticos. E em vez de a fonte do poder, como acontece em toda a democracia, vir do cidadão livre, ela está vindo de uma Justiça Eleitoral que, tanto quanto os maus políticos, está também sujeita à manipulação e a corrupção."
Leia todo o artigo;

Identificado em Brasília o verdadeiro Paulo Preto

PP feriu o rosto ao entrar na viatura
O meliante ao lado também atende pela alcunha de Bob Jeff. É reincidente na prática de roubar dineheiro de partidos políticos. Delúbio Soares, ex-tesoureiro do PT, cobra dele os R$ 4 milhões que ele mesmo, Paulo Preto, diz que roubou do PT em 2005.

Morar no Rio (epa!)

Conta de luz nas alturas
O calor, também conhecido como verão, está chegando de forma solerte e insidiosa.

Quem não souber o que significam "solerte" e "insidiosa" que compre um dicionário ou, então, assine o UOL. Eu escrevo pra gente inteligente. Dispenso leitores ignorantes.

A propósito (brega pra cacete!), li em algum lugar que apenas no Brasil os nomes das estações do ano são grafados com minúsculas. Mas será que persiste a diferença em Portugal desde o acordo ortográfico que fez com que eu me enrole todo ao escrever?
A propósito 2: levei quase 60 anos para escrever relativamente bem. Quando já estava aprendendo até o plural dos nomes compostos e emprego do hífen, veio o tal acordo do qual não participei diretamente, e estragou tudo. Hoje quase comprei um livro do meu ex-professor José Carlos Azeredo que ensina direitinho essas questões, mas, na hora agá, optei por Liga, Desliga de Collen McCullough que me garantiram ser um romance de serial killer muito bom.

PPS: ainda não ganho nada da Ed Bertrand nem da Saraiva. .
PPS: eu mudo de assunto com muita facilidade. Mas Montaigne, em seus ensaios, também fazia a mesma coisa e é respeitado pra caraleo.

O projeto da Lei Azeredo

O José Carlos do exclente Com Texto Livre propõe uma postagem coletiva contra o que ele chama de AI-5 da internet.

Sou solidário com tal iniciativa, mas não me sinto em condições morais de pariticpar pelo simples fato de que não sou contra à censura de um modo geral. Ao contrário, seguindo minha formação stalinista, sou favorável ao fechamento de vários jornais, revistas e canais de TV.

Meu lema é: "o poder é pra ser exercido; doa a quem doer". Às vezes doi na gente, mas isso são cavacos do ofício.

Além do mais, esse negócio de "blogagem coletiva" não é do agrado do meu amigo & Silva.

Da série "por onde anda?"

Ex-deputado Babá

Uma vez fui à Câmara dos Deputados com meu amigo Saraiva e a toda hora ele era confundido com o então deputado paraense. Realmente os dois são parecidos sim. Embora, havemos de concordar,  todo pau-de-arara com cabelos e barba enormes, se parecem. Taí o Falcão que não me deixa mentir.

Mas a história do Babá verdadeiro é muito estranha e tem alguma coisa de triste.

Ele até que teve alguma notoriedade no episódio do "Mensalão" (refiro-me ao mensalão atribuído ao PT em 2005). Não se sabe bem porquê, em 2006 transferiu seu domicílio eleitoral para o Rio e aqui candidatou-se à reeleição. Ele talvez não tenha se dado conta de que o caminho que resolveu trilhar já estava congestionado. Disputavam o mesmo voto moralista (ou de esquerda lacerdista, o que dá no mesmo) os nada desprezíveis (no sentido eleitoral) Gabeira, Chico Alencar e até mesmo o "petista" Biscaia.

Como era de se prever, o pobre Babá (ca) não se reelegeu. Do PSOL só mesmo o Chico foi eleito. Gabeira conseguiu o maior número desse tipo de voto e o ex-procurador Biscaia ficou numa mais do que merecida primeira suplência. Afinal, naquele ano, o óvulo do Ficha Limpa já fora fecundado pelo espermatozoide da cretinice.

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Serra é flamenguista

A imagem já diz tudo

Eleição pra presidente em todos os estados

Copiado do Alê

Rita Lixo doidona

Este é o máximo do ridículo que consegui
Comentário da cantora e compositosa decadente no seu Twitter: "verdade q dilma leva no 1o turno? então vou começar a falar bem dela p/ ñ ser presa e torturada. sou oportunista e ñ tenho personalidade".
Imagino que no final de semana fumou muita cocaína e cheirou maconha da boa. Ou foi o contrário?

Cadê o livro? Sumiu!

Hoje o Noblat cobra o tal livro do Amaury Jr. E eu sou obrigado a concordar com ele. Cadê o livro? Eu nem comprei e já não sei onde coloquei. Ou não saiu por cagaço? Era brincadeirinha?

Simetrias eleitorais

Existem coisas que nasceram pra ser boas, mas, na prática, se revelam uma droga. Eu poderia citar o Tribunal do Júri como uma delas. Mas esse papo pode ficar para uma outra ocasião. Eu queria, hoje, aproveitando o mometo eleitoral colocar (vício maldito) minha opinião acerca do voto em legenda. Na verdade, nem sei se seria mesmo uma opinião.
Muitos devem saber que, mesmo escolhendo um deputado estadual e/ou federal, o eleitor estará votando numa legenda. O seu voto vai para o partido ou coligação a que pertence seu escolhido.
Aí é que está o meu dilema insolúvel. Vou exemplificar. Ao votar em excelentes candidatos do PT como Luiz Sérgio, Jorge Bittar ou Marcelo Sereno, você estará ajudando a eleger um idiota político - isso na melhor das hipóteses - como Antonio Carlos Biscaia. Ou um fanático religioso e babaca estilo Molon.
No PDT, outro problema, pensei em votar no Brizola Neto, mas aí eu daria mais um votinho para o queridinho do Instituto Millenium, o candidato à reeleição Mito Besteira.
O voto em lista talvez fosse até melhor, embora seja a radicalização do atual sistema. Votando em lista, você poderia ignorar a colocação dessas últimas das peças citadas.
Também existe a opção de nem sair de casa pra votar já que, na prática, o voto é facultativo. Dependendo do meu humor, talvez seja esta minha opção, já que meus candidatos majoritários estão paticamente eleitos.
OBS: esse post, contrariando as normas editoriais implantadas pelo ditador e dono do blog vai sem ilustração, pois não quero ajudar a promover canalhas e/ou babacas. O que não são os casos das ressalvas feitas acho que com a devida clareza.

domingo, 29 de agosto de 2010

Hitler fez escola

Rabino israelense diz que Abbas e palestinos deveriam morrer

Fui bom aluno. Heil, Hitler!

 O velho fanático religioso aí ao lado disse num sermão na noite de sábado que Deus deveria enviar uma praga contra os palestinos e seu líder, o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas. O nome do candiato a Himmler é Ovadia Yosef.

Hitler, além de não cumprir promessas de campanha, acabou fazendo bem a essa judeuzada toda. Depois do nazismo, pega mal não gostar de judeus. Mas eu digo e afirmo: não gosto dessa gente!

Invadiram o território palestino de forma ilegal. Pagando propina a navios piratas. Mataram, colocaram bombas e continuam matando palestinos. Tudo com o beneplácito da mídia controlada por eles.

Quem nasceu pra Serra nunca vai chegar a Lacerda

Duas boas merdas. Diga-se de passagem. Mas o Lacerda, pelo menos, era menos burro.
Pirateado do site do Brizola Neto

Compare com o Mercadante

Um dos dois vai governar São Paulo por 4 anos:

Conheça o supernumerário Geraldo Alkmin

Se você tiver estômago, não deixe de assistir até o final. Ele dá um piti e vai embora.

Inexperiência é fogo

Fala merda e depois pede desculpas
Ele tem um ponto em comum com o Marcio Tavares.

Miro Teixeira, o deputado queridinho do PIG

Ele não é o único deputado "de esquerda" que defende o PIG. Mas nenhum o faz com tanta ênfase. Além disso, mente descaradamente com relação a Chavez e à Venezuela. Lamentável. Eu o tinha na conta de um bom parlamentar.

Há vaga para técnico

O governo Lula é tão fantástico, criou tantos empregos, que já estão recusando vaga de treinador do Flamengo.
Agradeço, mas não mereço

sábado, 28 de agosto de 2010

País desenvolvido

Dilma presidente
É aqui onde as obras do PAC estão.

Dúvida cruel - resolvi republicar pois é um dos posts campeões

Gostou? Leva pra você, bobinho
Será que meu pezinho cabe?
Uma bicha casada com uma lésbica formariam um casal homoafetivo?

Para quem quer me conhecer pessoalmente

Atualmente estou um pouquinho mais gordo
Amanhã EU, Dilma e Sergio Cabral estaremos na Orla. A foto ao lado não é muito recente, mas dá pra me reconhecer. Acho até melhor imprimir e levar junto. Espero vocês por lá!

Mercadante sobe 9 pontos e mantém esperança no 2º turno

Mercadante à esquerda de bigode
Será que a Tucanolândia acaba em 2010? Pelo menos um susto no supernumerário do Opus Dei já seria uma boa.
Mais notícias aqui (eu tenho preguiça de copiar e colar).

Serra e a revolta dos pijamas

Todo cuidado é pouco
O candidato tucano trancou-se com vários milicos inativos da FAB, ontem, sexta-feira, no Clube deAeronáutica. Não deixou seus amiguinhos da Imprensa participarem do encontro. Como diria o jornal do Pompeu: Olho Neles!
Mais detalhes no blog do Motta.

Tem que levar o Título de Eleitor e um documento com foto pra votar

Quem não apresentar o Título de Eleitor e mais um documento com foto não vai poder votar. Prazo para segunda via do Título é 23 de setembro. Vão lá logo, porra!

Eleitor só tem até 23 de setembro pra tirar 2ª via

Acho que a informação está precária. Temos que conversar com nossos amigos, motoristas de táxis, verdureiros, jornaleiros, garis, motoristas e trocadores de ônibus sobre a importância de levar, além do título, um documento com foto (identidade, passaporte, carteira funcional etc) . Depois não adianta chorar.
Mais informações no portal do TSE.
Denúncia: D Maria Cristina Tavares e o Joel Bueno perderam a porra do título e ainda não foram num cartório eleitoral tirar a 2ª via. Enquanto não forem serão denunciados aqui e no Twitter. Dupla de irresponsáveis.

O Senhor é meu pastor

Vem cá, Senhor... toma.
Nada lhe faltará

Paula Toller; peladinha no Jô

Todos os institutos num só gráfico

Fidel: Bin Laden é agente da CIA


Cmte. Fidel recebe o escritor lituano Daniel Estulin em Havana
Fidel Castro recebeu na quinta-feira o escritor lituano Daniel Estulin, famoso por suas teorias conspiratórias, e parece ter se inspirado. Após o encontro em Cuba, expôs suas próprias teses e não titubeou ao garantir: Osama bin Laden, responsável pelo maior atentado da história dos Estados Unidos, é na verdade um agente da inteligência americana (CIA).

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Ai meu pé!!!!!

Mais um dossiê:
Eles vão ficar sem pé

Oposição está desesperada

Dilma não pode entrar nos EUA

Parecem de verdade
A foto ao lado foi tirada no Museu de Cera de Londres. Como está sendo boatizado pelo candidato Zé Pedágio, nossa futura presidente está impedida de entrar nos EUA.

Gabeira sempre de olho no futuro

"Várias viagens pelo preço de uma"
O ainda deputado Gagabeira-Mar, já pensa em aproveitar sua larga experiência como distribuidor de passagens da Câmara  para seus familiares e abrir uma agência de viagens. Os roteiros incluirão, preferencialmente, países como a Holanda, onde o cliente poderia fumar cocaína e cheirar maconha à vontade. Como sabemos, essas práticas são duramente reprimidas no Brasil pelas autoridades constituídas (PCC, em SP e CV no RJ). O slogan do empreendimento seria "Faça duas viagens pelo preço de uma". Isso tudo porque nas eleições ele vai ganhar o mesmo que a Luzia ganhou na horta. E é capaz dele fazer bom proveito.

Eu tenho medo do Biscaia

Olha só o dedão dele
Noutro dia conversei longamente com a Jurema, minha psicoterapeuta, sobre essa questão. É que quando eu vejo esse cara na TV eu começo a tremer e tenho que mudar de lugar. Eu morro de medo dele. Fico imaginando que ele vai descobrir que eu cansei de ajudar a fazer caixa 2 pra ajudar candidatos petistas quando era diretor do Seeb e vai me indiciar. Fico me imaginando numa cela (eu não sei onde guardei meu diploma de curso superior) tendo que ouvir funk e pagode de meus companheiros de infortúnio. Fora o perigo de um deles simpatizar além da conta comigo.

Lembram do Anisio Silva?

Seu maior sucesso foi "Alguém me Disse", depois gravado magistralmente pela Gal. Mas esse bolerão que eu pesquei lá no blog do Brizola Neto também é muito bom. Um pouco triste como quase todos os boleros. Ainda mais triste para... bem, não vou estragar a surpresa.

Para quem ainda tiver condições físicas

Não esqueçam do sundown
Eu fiz essas caminhadas por mais de 30 anos. Hoje, sou um velho de quase 60. Por isso, vou ficar bebericando no Posto 4. Dou as caras, uns tapinhas em ombros ainda amigos, pego meu carro e vou embora. Mas vou tentar levar minha patroa que é 11 anos mais nova e 50k mais leve e minhas filhas. Se bobear também levo o Zé Vitor e a Letícia. Vai que eles tomam gosto pela coisa. Coitados...

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Ela arregala os olhinhos tão bonitinho....

A inveja é uma merda

A D. Vera acha o Bittar lindo...

A Paz na Palestina é possível

Árabes e judeus podem dar as mãos

Chico Buarque canta Geraldo Pereira

Depois dessa gravação, o Chico procurou um professor de canto e outro de violão. Melhorou muito. Curtam.

Eu spiko inglx tu

The president Lula dont ispik inglix, bat I spiko. Becose I've studi at Maranhão College. My techar of Inglix was veri gud. Tanques.

Atualização de todas as pesquisas

 Copiado do Esquerdopata que copiou do Ale

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Lula dá aula de sociolinguística em MS

O cara é tão foda que eu tenho certeza de que ele nunca leu um livro do prof. Marcos Bagno sobre o assunto. Mas resume em 10 minutos tudo o que ele escreveu. Lula é um em 1 bilhão. Pra nossa sorte ele nasceu no Brasil e não é mau caráter.

Hilde mandou muito bem

Caros (caríssimos) leitores,
Vocês sabem que eu, assim como o Lula, não gosto de textos longos, mas este aí debaixo vale a pena:

Coluna Hildegard Angel – JB – Quarta-feira, 25/08/2010

Uma passeata, para ser eficiente, tem que ser legítima
EM BOA hora, os humoristas saíram em passeata na Praia de Ipanema para protestar contra a impossibilidade de se fazer piadas políticas em época de eleição. A política, como sabemos, é o filé mignon do humor de qualidade… MAS ESSE protesto oportuno se descaracteriza e fica comprometido quando dá a entender que a censura se deve ao governo. Não é verdade… A LEI das Eleições, 9.504, data de 1997 e, na minirreforma, ganhou penduricalhos que a “turbinaram”, com substitutivos e emendas no que diz respeito ao humor, cujos autores têm nome: são os deputados, do PCdoB, Flavio Dino, candidato a governador do Maranhão, e Manuela D’ÁvilaPARA ESSA minirreforma ser aprovada no Plenário da Câmara, os deputados votaram. O TSE apenas cumpre o que está escrito… ENTÃO, NÃO É Lula, não é Dilma, não é o ministro Lewandowski nem é o Franklyn Martins (conforme menção leviana de um dos humoristas desfilantes). São os nossos congressistas!… E ISSO os humoristas da passeata não disseram, não dizem, muito pelo contrário, querem deixar no ar a ideia de que o governo brasileiro cerceia a atividade do humor… ESSA ATITUDE dúbia, manipuladora, só tira a legitimidade de uma causa que é boa, reduzindo-a a mero instrumento de campanha da oposição… SE NO Brasil de hoje houvesse censura ao humor, nós não teríamos visto, como vimos, no CQC da última segunda-feira, um humorista dizer que o Eike Batista “faturou” a dona Marisa Lula da Silva, nem o humorista ao lado acrescentar que “dona Marisa vai fazer uma coleira com o nome Eike escrito”… ELES SE referiam à atitude descontraída, perfeitamente natural, de ambos, durante um leilão beneficente que o programa acabara de exibir… FOSSE UMA ditadura com censura, como a que já tivemos, na mesma hora os estúdios da Band seriam invadidos por um batalhão militar, Marcelo Tas e seus humoristas seriam presos, colocados no pau de arara, teriam a pele esfolada, a unha arrancada, o olho furado e, se dessem sorte, seriam devolvidos depois pra casa com uma coleira de pregos no pescoço… MAS O mais provável é que virassem “comida pra peixe”, como se fazia na época. E eu não estou fantasiando. Vi e vivi este filme nos anos 70 no Brasil… POR ISSO, senhores humoristas, façam seus protestos, sim, mas com legitimidade, pra não serem rotulados de humoristas “festivos”, como se usava dizer naquela época negra… OUTRA COISA que está muito na moda dizer, na linha dessa “campanha do medo”, é que há censura em nossa imprensa… NUNCA ANTES neste país se espinafrou tanto (pra não usar outra palavra) um presidente, sua família, seus ministros e aliados como nesta era Lula. E com total liberdade… JAMAIS OUVI, por exemplo, em época anterior, num programa de TV, um comentário tão constrangedor como esse do CQC em relação a uma primeira-dama. E não me venham aqui criticá-la, porque ela se dá ao respeito, sim!… NOS ANOS FHC, jamais a imprensa tocou no assunto do filho criança do presidente com uma jornalista, morando ambos num conveniente endereço bem longe, em Barcelona, na Espanha… ESSE SILÊNCIO da imprensa não era apenas uma delicadeza com a primeira-dama. Era também o receio de possíveis retaliações comerciais, judiciais, Lei dos Danos Morais etc e tal. Medo que, curiosamente, este atual governo não inspira a jornalista algum. Agora, me digam: onde está a tão proclamada “censura”?…

Caluniadores sujos

Tô te esperando, gato
O diretor-presidente da TV Educativa do Paraná, Cesar Benjamin e o bancário Xavier Santiago convocam todos os detratores, vendidos, mentirosos, caluniadores, dedos-duros e afins para o grande encontro que acontecerá na sede da Editora Abril, em São Paulo. O encontro terá como patronos póstumos o cantor Wilson Simonal e o locutor Cesar de Alencar. Participação especial do ex-Gabeira.
Ele mora no Rio e "trabalha" no Paraná

Dia do soldado

Marcha soldado, cabeça de papel
Minhas homenagens ao briosos integrantes das FAs. Quando quiserem voltar pra política, por favor, subam num banquinho e façam um discurso bem legal. Só não sei se hoje também se homenageia marujos e araújos.

Fellini e a Internacional (hino, seus estúpidos, nada a ver dom futebol)

Cena antológica do filme de Federico Fellini Amarcord, que significa "io me ricordo", no dialeto de Rimini. Aprenderam mais uma né?

Os Maias da Globo

Familia de bandidos
Essa trama é mais uma dentre as que foram desvendadas pelo faro investigador de Stanley Burburinho, o paladino da justiça contra crimes que não interessam a velha mídia. Dizem que a identidade secreta de Stanley Burburinho, que deve ser mantida sob sigilo para a nossa própria segurança, foi revelada a alguns escolhidos no encontro de blogueiros proguessistas, mas ele não confirmou ainda que estivesse presente. Infelizmente, compromissos profissionais inadiáveis me impediram de participar do encontro, que aconteceu no último final de semana em São Paulo, e de conhecer pessoalmente o Stanley (que já conheço virtualmente desde 2004) e outros blogueiros e usuários de mídias sociais do país inteiro que participaram desse encontro. Leia mais no blog do LEN

Carlos Alberto Libânio apoia Milton Werneck de Lacerda Temer

Também conhecido pela alcunha de Frei Betto
O padreco aí do lado vota em São Paulo, mas está no site do Milton Temer dizendo que o apoia para senador. Além de fanático religioso é mentiroso. Aliás, acabei de dizer uma grande bobagem pois todo fanático se esconde na mentira para sobreviver.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Fidalguia tucana

Eles eram mais educadinhos
Pressão alta e desespero dos 'trolls' anti-Dilma: internauta sugere "alguem tem e q assassinar essa puta vadia"(clique na imagem pra visualizar melhor).

Serra ouve estrelas (vermelhas)

Bilac, o poeta premonitório
Serra diz ao seu psiquiatra que ouve um cara de pince-nez e bigodinho sussurando ao seu ouvido:
"Ora (direis) ouvir estrelas! Certo
Perdeste o Sensus!
Dilma 46% ".

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Militante vai de Mercadante

Se eu fosse um cavaleiro andante -
Um puta de um militante -,
Deixava meu Rio distante,
Comia dois pastel adiante,
Bebia 1 chopps espumante,
Chegava em SP, errante,
E votava no Mercadante.

Candidatura sionista

O outro mau caráter mora em Niteroi
Apesar de judeu, ele tem ao menos uma virtude, pois é leal ao Zé Pedágio. O seu candidato a presidente aparece em todos os milhares de cavaletes e banners espalhados pela cidade. Na sua primeira campanha ele jurava lutar contra a "indústria das multas". Deve ter sido eleito pelos responsáveis por muitos atropelamentos. Mas Javé tem mistérios insondáveis que não é correto querer desvendar. Este ano, é o candidato que tem a campanha mais rica, pois eu desconfio que a turma do quipá está despejando rios jordões de grana - pra isso eles são pródigos - no seu comitê que fica aqui pertinho, na Senador Vergueiro. Por isso a turma já arrumou um apelido pra ele, "Gerson, o direitinha de Ouro".
PPS: não sou anti-semita, apenas não simpatizo com judeus.

Placas de rua

Nome mais que merecido
Lelê
De uns tempos pra cá, a prefeitura teve a boa ideia de, além do CEP, inserir uma microbiografia do cara que legou seu nome a uma determinada rua. Assim, fiquei sabendo que a rua onde moro deve seu nome a um visconde que era "capitalista e proprietário de terras". Aí veio a perguntinha: "e isso lá é motivo pra virar nome de rua?". Minha sugestão é trocar para "Rua Marcio Tavares - comunista, ateu e avô da Leticia".

Bob Jeff e Falha de SP já elegeram Dilma

Meu candidato é um merda!
É como se dizia antigamente lá no Engenho de Dentro: "entregaram os pontos": 23/08/2010
Gata borralheira
Enquanto Lula e Dilma madrugavam na porta da Mercedes Benz, no ABC Paulista, para realizar mais um comício eleitoral do presidente em favor de sua ungida (o 8º), uma nova edição da "Folha" chegava às bancas. O jornal afirma que a petista já prepara medidas econômicas duras, entre elas a redução de salários dos servidores públicos. Mas, no discurso aos trabalhadores da Mercedes, a candidata escondeu o jogo, manteve o discurso de campanha, dizendo ter um "compromisso sagrado" com eles. Na virada do ano, a "mãe" vai virar "madrasta".
Postado por Roberto Jefferson às 11:01

Em tempo: minha opção para governador

Sergio Cabral, o filho do homem
Governador -  agradeço ao Sergio pela lembrança, mas acho que a opção pelo Cabral é tão óbvia que até me esqueci de comentar meu voto pra governador. Mas, mesmo assim, aí vão algumas palavras: em primeiro lugar, Cabral tem a seu favor a questão da comparação. Os governantes (cidade e estado) do Rio, ao longo de mais de 20 anos têm sido tão ruins que, mesmo um governo medíocre sobressairia. Mas não é só isso. Cabral tem sido um ótimo governador tanto na questão administrativa quanto politica. Neste último quesito foi fundamental a parceria - inédita! - com o governo federal.
PPS: foi uma postagem dedicadas aos sérgios.

Polícia do Rio dá show de eficiência

O senhor de camisa vermelha e preta não é traficante. É turista
O jornal que apoia o ex-gabeira bem que tentou inverter tudo e mostrar um Rio de Janeiro pré-UPPs e Sergio Cabral. A manchete do jornal lacerdista entrega (Mentira): “Cerco a traficante acaba com tiros e reféns em hotel de luxo – sessenta bandidos enfrentam PMS e levam pânico a São Conrado”.
A verdade: Uma viatura da PM do Rio interceptou um “ônibus” que vinha do Vidigal em direção à Rocinha.

Copicola do Conversa Afiada:

Com a resistência, houve troca de tiros.

Os narcotraficantes desceram em direção ao bairro nobre de São Conrado, onde ficam a Rocinha e o Hotel Intercontinental, o “de luxo”.

O que houve, então ?

A Polícia do Rio deu um show de eficiência.

Prendeu todos os criminosos.

Libertou os reféns do Hotel.

Matou uma traficante.

E nenhum policial saiu ferido.

Candidato Denorex

Não aceite imitações

Serra é brasileiro e não desiste nunca

Sponholz, Jornal da Manhã (PR)

Novo corredor deve baratear em 30% escoamento da safra de grãos

A Rota pelo Norte do País
A principal solução para escoar a safra de grãos da Região Centro-Oeste é a rota pelo Norte do País. A expectativa é que o novo corredor represente uma redução de, no mínimo, 30% dos custos logísticos, calcula o Departamento de Infraestrutura do Ministério da Agricultura.
Leia o artigo todo no blog do Suplicy, ou melhor, do Favre.
PPS: não faço a mínima ideia de onde fica a estrada mostrada na foto.

Dilma e Lula atrasam troca de turno na Mercedes Benz

Trabalhadores terão seus salários descontados.

domingo, 22 de agosto de 2010

Minha indecisão quanto ao voto

Presidente - nunca simpatizei muito com a Dilma. E não gosto quando ouço o presidente dizer que ela "foi a melhor auxiliar que ele já teve". Eu sei, eu sei que isso pode ser estratégia de campanha, mas fico puto quando fazem chacota com o Zé Dirceu por conta dessas declarações do Lula. Mas muito pior seria a volta do demotucanato. Além do mais, se Lula tá com ela, eu também tô;

Governador -  agradeço ao Sergio pela lembrança, mas acho que o voto em Cabral é tão óbvio que até me esqueci de comentar voto pra governador. Mas aí vão algumas palavras: Cabral tem a seu favor a questão da comparação. Os governantes (cidade e estado) do Rio, ao longo de mais de 20 anos têm sido tão ruins que, mesmo um governo medíocre sobressairia. Mas não é só isso. Cabral tem sido um ótimo governador tanto na questão administrativa quanto politica. Neste último quesito foi fundamental a parceria - inédita! - com o governo federal;

Senador 1 - Marcelo Crivella. Nesse eu voto com prazer. É um dos melhores senadores (a concorrência é fraca) da República e sempre ajudou o governo federal. Além de defender de forma eficiente o nosso estado;

Senador 2 - noutro dia, no horário eleitoral, Lindberg citou um determinado deus (creio que o deus dos cristãos) 4 vezes. Achei esquisito um cara que já foi stalinista (PCdoB) e trostskista (PSTU) com tanto fervor religioso. Engraçado foi que, no mesmo dia, Crivella não fez uma menção sequer a deuses ou astronautas. Logo ele que é abominado justamente por sua crença. Mas, como já disse um amigo leitor, o problema seria a eleição do candidato brizo-fascista do DEM;

Dep. Federal - é o meu maior problema por dois motivos diametralmente opostos. Tá enrolado né? Vou tentar explicar. Há vários candidatos excelentes para este cargo. Cito alguns: Luiz Sérgio, Marcelo Sereno, a minha querida Bené (PT); Brizola Neto (PDT). Mas o problema é que votando em qualquer um deles me arrisco a ajudar a eleger um idiota politico como Biscaia e Molon ou um picareta qualquer do PDT. Mas a eleição é assim (o melhor do pior) e até o dia 2 de outubro em me decido, mas a tendência é pelo Marcelo Sereno. E o motivo é simples: eu o tenho na conta - dentre outras qualidades - de um companheiro leal, corajoso e preparado para nos representar na Câmara Federal. O voto no Marcelo seria pra mim uma homenagem a outro companheiro fantástico que é o Delúbio Soares. Vocês devem saber o porquê.

Dep. Estadal - essa opção é a mais fácil por um motivo principal: Gilberto é meu amigo. Gosto dele. E acho que ele me representa na ALERJ. Tem sido assim. Mudar pra quê?

sábado, 21 de agosto de 2010

Uma sugestão para a campanha da Marina


A letra dessa canção é uma das coisas mais imbecis do cancioneiro popular. Mostra o quanto atrasado e ignorates são os ecochatos. Ou, como diria o quase lá Plinio, "ecocapitalistas". A fala incial do "Rei da Juventude retardada" mostra o quanto o monarca é reacionário. Joga na lata do lixo tudo quanto o ser humano conquistou através da ciência e da técnica. Eu quero saber se o Lady Laura é movido a remo. "Eu queria ser civilizado como os animais" talvez seja a frase mais estúpida que o ser humano já cunhou. Será que é do Erasmo? Lamento.

Editorial da Folha bate em candidato morto

Avesso do avesso 

Tentativa do tucano José Serra de se associar a Lula na propaganda
eleitoral é mais um sinal da profunda crise vivida pela oposição

Não adianta bater

Pode até ser que a candidatura José Serra à Presidência experimente alguma oscilação estatística até o dia 3 de outubro. E fatores imprevisíveis, como se sabe, são capazes de alterar o rumo de toda eleição. Não há como negar, portanto, chances teóricas de sobrevida à postulação tucana.
Do ponto de vista político, todavia, a campanha de Serra parece ter recebido seu atestado de óbito com a divulgação da pesquisa Datafolha que mostra uma diferença acachapante a favor da petista Dilma Rousseff.
A situação já era desesperadora. Sintoma disso foi o programa do horário eleitoral que foi ao ar na quinta-feira no qual o principal candidato de oposição ao governo Lula tenta aparecer atrelado... ao próprio Lula.
Cenas de arquivo, com o atual presidente ao lado de Serra, visaram a inocular, numa candidatura em declínio nas pesquisas, um pouco da popularidade do mandatário. Como se não bastasse Dilma Rousseff como exemplar enlatado e replicante do "pai dos pobres" petista, eis que o tucano também se lança rumo à órbita de Lula, como um novo satélite artificial; mas o que era de lata se faz, agora, em puro papelão.
Num cúmulo de parasitismo político, o jingle veiculado no horário do PSDB apropria-se da missão, de todas a mais improvável, de "defender" o presidente contra a candidata que este mesmo inventou para a sucessão. "Tira a mão do trabalho do Lula/ tá pegando mal/... Tudo que é coisa do Lula/ a Dilma diz/ é meu, é meu."
Serra, portanto, e não Dilma, é quem seria o verdadeiro lulista. A sem-cerimônia dessa apropriação extravasa os limites, reconhecidamente largos, da mistificação marqueteira.
A infeliz jogada se volta, não contra o PT, Lula, Dilma ou quaisquer dos 40 nomes envolvidos no mensalão, mas contra o próprio PSDB, e toda a trajetória que José Serra procurou construir como liderança oposicionista.
Seria injusto atribuir exclusivamente a um acúmulo de erros estratégicos a derrocada do candidato. Contra altos índices de popularidade do governo, e bons resultados da economia, o discurso oposicionista seria, de todo modo, de difícil sustentação em expressivas parcelas do eleitorado.
Mais difícil ainda, contudo, quando em vez de um político disposto a levar adiante suas próprias convicções, o que se viu foi um personagem errático, não raro evasivo, que submeteu o cronograma da oposição ao cálculo finório das conveniências pessoais, que se acomodou em índices inerciais de popularidade, que preferiu o jogo das pressões de bastidor à disputa aberta, e que agora se apresenta como "Zé", no improvável intento de redefinir sua imagem pública.
Não é do feitio deste jornal tripudiar sobre quem vê, agora, o peso dos próprios erros, e colhe o que merece. Intolerável, entretanto, é o significado mais profundo desse desesperado espasmo da campanha serrista.
Numa rudimentar tentativa de passa-moleque político, Serra desrespeitou não apenas o papel, exitoso ou não, que teria a representar na disputa presidencial. Desrespeitou os eleitores, tanto lulistas quanto serristas.

Sábado de poesia (já que o Joel tá no encontro...)

Manuel Bandeira

Ultima Canção do Beco

Beco que cantei num dístico
Cheio de elipses mentais,
Beco das minhas tristezas,
Das minhas perplexidades
(Mas também dos meus amores,
Dos meus beijos, dos meus sonhos),
Adeus para nunca mais!

Vão demolir esta casa.
Mas meu quarto vai ficar
Não como forma imperfeita
Neste mundo de aparências:
Vai ficar na eternidade,
Com seus livros, seus quadros,
Intacto, suspenso no ar!

Beco de sarças de fogo,
De paixões sem amanhas,
Quanta luz mediterrânea
No esplendor da adolescência
Não recolheu nestas pedras
O orvalho das madrugadas,
A pureza das manhas!

Beco das minhas tristezas.
Não me envergonhei de ti!
Foste rua de mulheres?
Todas são filhas de Deus!
Dantes foram carmelitas...
E eras só de pobre quando,
Pobre, vim morar aqui.

Lapa – Lapa do Desterro -,
Lapa que tanto pecais!
(Mas quando bate seis horas,
Na primeira voz dos sinos,
Como na voz que anunciava
A conceição de Maria,
Que graças angelicais!)

Nossa Senhora do Carmo,
De lá de cima do altar,
Pede esmola para os pobres,
- Para mulheres tão tristes,
Para mulheres tão negras,
Que vem na porta do templo
De noite se agasalhar.

Beco que nasceste a sombra
De paredes conventuais,
És como a vida, que é santa
Pesar de todas as quedas
Por isso te amei constante
E canto para dizer-te
Adeus para nunca mais!

25 de marco de 1942

PS: eu não sou tão ignorante quanto aparento.

Amigo de fé, irmão, camarada

Always together
O Marcelo Sereno foi que criou o tema de campanha "Com Lula desde o começo".

Cajuína, Caetano e a Veja

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Passaredo ilustrado

"É desconcertante rever um grande amor"

O amor é lindo...

A mamãe do Daniel no backing vocal.

Fora do expediente?


Um dos "internautas" que fizeram perguntas no debate do UOL é funcionário de confiança do PSDB na Câmara dos deputados. Nome dele KLEBER MACIEL LAGE. Confira no site da Câmara:
Clique na imagem para melhor visualização

Quantas pessoas são necessárias para trocar uma lâmpada?

Depende do tipo de pessoa:
Gays 
Seis: um para trocar e cinco para ficar gritando: Linda! Poderosa! Maravilhosa! Divina! Tuuudo!
Peruas 
Duas: uma chama o eletricista e a outra prepara os drinques.
Psicólogos 
Apenas um, mas a lâmpada PRECISA QUERER ser trocada.
Loiras 
Cinco: uma para segurar a lâmpada e outras quatro para girarem a cadeira.
Consultores 
Dois... Um sempre abandona o trabalho no meio do projeto.
Bêbados 
Um, só pra segurar a lâmpada, enquanto o teto vai rodando.
Ativistas Gays 
Nenhum A lâmpada não precisa mudar, para ser aceita pela sociedade.
Cantores sertanejos
Dois: um troca a lâmpada e o outro escreve uma canção sobre os bons tempos da lâmpada antiga...
Machões 
Nenhum: macho não tem medo de escuro.
Patricinhas 
Duas: uma pra segurar a Coca light e outra pra chamar o papai.
Argentinos 
Um só: ele segura a lâmpada e o mundo gira ao seu redor.
Mulher com TPM
Só ela! SOZINHA!! Porque NINGUÉM, dentro desta casa sabe como trocar uma lâmpada! É um bando de IMPRESTÁVEIS!!! Eles nem percebem que a lâmpada queimou! OS INÚTEIS podem ficar em casa no escuro por três dias antes de notar que a bosta da lâmpada queimou! E quando eles notarem, vão passar mais cinco dias esperando que EU troque a lâmpada, porque eles acham que EU sou a ESCRAVA deles!!! E quando eles se derem conta de que EU não vou trocar a lâmpada, OS INCOMPETENTES ainda vão ficar mais dois dias no escuro porque não sabem que as lâmpadas novas ficam dentro da merda da despensa! E se, por algum milagre, OS INFELIZES encontrarem as lâmpadas novas, vão arrastar a poltrona da sala até o lugar onde está a lâmpada queimada e vão arranhar o piso todo, porque são INCAPAZES de saber onde a escada fica guardada! É inútil esperar que eles troquem a lâmpada, então sou EU mesma quem vai trocá-la! E como EU sou uma mulher INDEPENDENTE, vou lá e troco! E SOME DA MINHA FRENTE!!!

Algum teólogo poderia me responder?

O símbolo do Cristianismo é um instrumento de tortura
Se Cristo tivesse sido executado como na imagem ao lado, os cristãos usariam cadeirinhas elétricas penduradas no pescoço? (o símbolo da Inconfidência Mineira deveria ser uma forca).

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Days of Wine and Roses

Embora eu tente até com medicação e sessões de psicoterapia me livrar desse vício - pelo menos pra mim - maldito que é a politica, minha maior motivação aqui eram as eleições. Como já é um fato praticamente consumado, os posts deverão, a partir de agora, ser cada vez mais escassos.
Quando eu lembrar de uma baixaria qualquer volto a postar.
Eu sei que muita gente - de poucos, é vedade - está se lixando pra isso. Mas eu só queria avisar. Não custa quase nada.
Vício Maldito (1962)
PS: pra quem achou estranha a chamada do post, informo que é o título original em inglês do magnífico filme "Vício Maldito", com Jack Lemmon e Lee Remick.

Agora que não há mais perigo de os tucanos voltarem

Vou poder fazer o que eu sempre tive vontade. Votar nulo para presidente. Nunca simpatizei com essa senhora e meu voto seria mais pra ajudar a garantir que os tucanos não voltassem. Agora, fico aliviado, pois não precisam mais do meu voto.
Espero que ela faça um ótimo governo.

Minha homenagem aos camaradas comunistas

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Do Chuí ao Oiapoque

Era assim que o saudoso João Saldanha gostava de dizer:

Tudo pronto para o próximo programa eleitoral de Zé Pedágio

Artista tucano contribui para a campanha mambembe de ZA
Depois da favela estilizada, ele vai mostrar a feira onde seu pai trabalhou duro para que ele pudesse... para que ele fosse... para que ele fosse sei lá o quê.

Todo mundo já publicou, mas...

Marina é a candidata mais estável
Alguém poderia me dizer do que o Zé Pedágio ainda ri?
Só um detalhe, os institutos de pesquisa continuam boicotando o meu amigo Ivan Pinheiro. Revolução ainda que à tardinha!