terça-feira, 27 de dezembro de 2016

A CIA não matará Francisco I, mas...

... pode usar as mãos de cardeais.

Por J. Carlos de Assis


Ele tá correndo perigo!
A virtual derrota para a Rússia no Leste da Ucrânia, a derrota também para a Rússia em Aleppo, o desastre estratégico representado pelo Brexit na Europa Ocidental e, sobretudo, a vitória de Donald Trump nas eleições norte-americanas são parte de uma cadeia de desastres estratégicos que estão fulminando o esquema de poder global concebido no núcleo neoconservador-neoliberal dos Estados Unidos. Acima disse, paira uma ameaça moral sem paralelo: o Papa Francisco, condenando o capitalismo financeiro com audácia inaudita.

Não é impossível matar um Papa. Afinal, é um homem, e todos os homens são vulneráveis. O Grande Chefão de Francis Coppola mostrou como provavelmente o Papa João Paulo I foi assassinado pela Máfia. Contudo, ele representava um desafio local na Itália. Francisco é um desafio global. Diante de desafios globais a CIA mudou de tática. Não mata diretamente. Usa levantes populares que podem começar com uma campanha contra a corrupção, a favor dos Direitos Humanos ou pelo meio ambiente.

Leia todo o texto AQUI

sábado, 5 de novembro de 2016

Lula no ato de solidariedade à Escola Florestan Fernandes

Lula propõe a unificação da luta contra o golpe.

Deixar as particularidades de lado e encontrar algo que unifique todos.

Lula tem que ser o comandante da luta conta o golpe e isso é pra já!

PCO - Análise política da semana de 05/11/2016

PCO - Análise política de 29/10/2016

Não sou filiado ao PCO, mas reconheço que as análises de seu presidente, Rui Costa Pimenta, são muito boas:

Dia 11 de novembro de 2016 é greve!

Greve como forma de repúdio ao governo golpista que quer massacrar os trabalhadores e o Brasil.