segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Quem adivinha o autor do texto?

"Algumas pessoas têm questionado  minha  posição quanto à descriminalização do aborto. Um dos argumentos mais citados é quanto ao mandamento “não matarás”.  Mas, me parece que o engano está na compreensão da totalidade do significado do termo “matar”.
O dicionário Houaiss, entre as várias definições que apresenta para este verbo, diz: “causar grande prejuízo ou dano a; arruinar.” E também: “causar sofrimento a; mortificar, afligir; ferir.” Vemos, com isso, que matar não é somente tirar a vida de alguém, mas também praticar qualquer ato que impeça que alguém tenha vida com qualidade, dignidade, felicidade."

a) Frei Betto;
b) Chico Buarque;
c) Marilena Chauí;
d) Leonardo Boff;
e) NRA

Resposta logo mais às 18h.

8 comentários:

Joel Bueno disse...

Chute: é o Libório.

Sérgio Vianna disse...

Joel acertou. Eu acho. Marilena Chaui e Chico Buarque não usariam tal argumento: um dos mandamentos.

Talvez o Boff possa até usar. Mas ele tem se afastado da hipocrisia católica e se apresentado mais como cristão independente. Independente das heresias clubísticas da igreja sediada em Roma.

Mas o Márcio Tavares, que é um sujeito que jamais deixa escapar qualquer traço de idiossincrasia contra uma pessoa, manifestou certo apreço por um ex-assessor do presidente que está encerrando mandato nestes dias.

Então.... Joel deve ter acertado.

Vassiliev, de Brasília, disse...

Duvido que seja da lavra do Libório. Ele é cristão de carteirinha e antiaborto até a morte. Tampouco Chauí e Chico, pela razão explicitada pelo Sérgio Vianna. Isso é pegadinha do Marct. Não é nada óbvio. Opto por NRA, no aguardo da resposta.

Marcio Tavares disse...

Tovarish Vassilev acertou. Mas de quem seria o texto? Não é pegadinha. O texto foi escrito por um homem.
Nota: quem é Libório?

Joel Bueno disse...

Libório, Libânio, é tudo a mesma m...
rs rs rs

Marcio Tavares disse...

Joel, essa foi boa. Quando li Libório, me lembrei de um personagem do Bem Amado. Aquele que era corneado o tempo todo. Tentava se suicidar e, apesar de toda a facilitação de Odorico Paraguaçu (que estava doido pra inaugurar o cemitério), o suicídio nunca dava certo. Grande Dias Gomes!
Mas o Carlos Alberto Libório Cristo é dominicano. Umas das ordens mais fundamentalistas da ICAR. Foram eles que inventaram a Inquisição.

Sérgio Vianna disse...

Entrei de gaiato...

Apesar de que entendi a resposta do Joel, tanto que o identifiquei como o ex-assessor do presidente Lula, o que está encerrando o mandato.

Mas, eu que nunca fui católico, acabei de aprender mais uma com o Márcio Tavares, que também é cultura: dominicanos inventaram a inquisição.

Pra mim, que nem os anti-petistas, aqueles que não identificam as "tendências" internas do partido, os católicos são todos iguais.

Embora saiba dos dominicanos, jesuitas, redentoristas, franciscanos, e de outras denominações que devem ser tendências internas.

Mas não vejo muita diferença. São todos tementes ao mesmo papa hipócrito.

Marcio Tavares disse...

Sergio: http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:Dc_b9zpFmM8J:www.solascriptura-tt.org/Seitas/Romanismo/InquisicaoCatolica-JFlavio.PCristiano.htm+criou+a+inquisi%C3%A7%C3%A3o+dominicano&cd=3&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br