segunda-feira, 27 de junho de 2011

D. Bergonzini afirma que toda mulher acaba deixando

"A prática do aborto diminui o número de criancinhas"
Li no Blog do Miro que o bispo de Guarulhos, D. Luiz Gonzaga Bergonzini volta a atacar. Desta vez, numa entrevista ao jornal Valor, usou como argumento pra ser contra o aborto até no casos de estupro sua experiência como padre (!). Para isso, chegou a simular com o auxílio da tampa de uma caneta como é que as mulheres no início do estupro até não querem, mas "acabam deixando". O velho, além de já ter sido um croto - atualmente é um ex-croto - demonstra que tem ideias pra lá de depravadas. Eu só imagino o que ele deve fazer em seus momentos de privacidade.

"“Vamos admitir até que a mulher tenha sido violentada, que foi vítima… É muito difícil uma violência sem o consentimento da mulher, é difícil”, comenta. O bispo ajeita os cabelos e o crucifixo. “Já vi muitos casos que não posso citar aqui. Tenho 52 anos de padre… Há os casos em que não é bem violência… [A mulher diz] “Não queria, não queria, mas aconteceu…”, diz. “Então sabe o que eu fazia?” Nesse momento, o bispo pega a tampa da caneta da repórter e mostra como conversava com mulheres. “Eu falava: bota aqui”, pedindo, em seguida, para a repórter encaixar o cilindro da caneta no orifício da tampa. O bispo começa a mexer a mão, evitando o encaixe. “Entendeu, né? Tem casos assim, do “ah, não queria, não queria, mas acabei deixando”.


Assine a PETIÇÃO contra este monstro da Idade Média.

5 comentários:

Sérgio Vianna disse...

ESSE PADRE É PEDÓFILO...

ESSE PADRE É PEDÓFILO...

ESSE PADRE É PEDÓFILO...

Poderá qualquer pesquisador investigar que vai descobrir a pedofilia entre os prazeres desse padre de guarulhos...

Se o investigador for policial vai pegar em flagrante...

Se o investigador for psiquiatra vai achar as ligações mentais de celerado com os prazeres do coito infantil...

Se o investigador for psicólogo vai encontrar os desejos escondidos nas palavras como senha para a descoberta de suas paixões libidinosas com os pequenos humanos que lhes passa pela sacristia....

Sérgio Vianna disse...

Não sei qual foi a repórter que entrevistou esse bispo pedófilo...

eu, no lugar dela, no momento em que ele faz a cena da tampa da caneta, dava-lhe uma porrada no meio do nariz...

Essa repórter deve ser muito equilibrada pra ter aguentado uma agressão dessa...

A cena da caneta é uma agressão à repórter...

Sérgio Vianna disse...

A cena da tampa da caneta é uma insinuação leviana do bispo para com a repórter...

Imbecil esse padre de merda...

Marcio Tavares disse...

Serginho, Fuque fuque de caneta. Essa eu nunca tinha visto. rsrsrsrsrs

ruy garcia disse...

Márcio,
Segue o link para, se você quiser, assinar a petição que vai ser encaminhada para várias entidades condenando a posição do bispo:
http://www.peticaopublica.com/?pi=P2011N11640