sábado, 18 de junho de 2011

Problema psicológico tem quem abandona o próprio filho

Mentindo descaradamente...
FHC ficou magoadinho porque o ex-presidente Lula não lhe enviou os parabéns pelos seus 80 anos. Magoado, afirmou que Lula "deve ter algum problema psicológico".
Tadinho, ele gosta dessas coisas. Achava que Lula, depois de 8 anos tentando ser desestabilizado por FHC iria se lembrar de mandar-lhe congratulações. Lula não é mais presidente da República. É um cidadão como outro qualquer, por isso não tem a obrigação que o cargo lhe recomendava.

Diferente da presidenta Dilma que lhe mandou uma mensagem inclusive com elogios. Ela É presidenta e o poder tem dessas pequenas inconveniências.

Mas como está no título deste post, problema psicológico tem quem abandona o filho. Precisa ser um sociopata de carteirinha para banir uma criança juntamente com sua amante para a Espanha. Bem longe dos Jardins, em São Paulo.

Sociopata e mau caráter, pois amante e filho bastardo foram sustentados pela famíglia Marinho durante anos, vivendo num condomínio de super luxo em Barcelona. Isso tudo com a gentil colaboração da imprensa tucana que jamais publicou matéria sobre o fato. Claro que foi devidamente recompensada pelo generoso silêncio com contratos bilionários de publicidade.

Aliás, minto, quem pagou a conta fomos nós brasileiros. Que o diga o Proer da Mídia (Portaria do Ministério da Fazenda de abril de 1994 que isentou todas as corporações de mídia do pagamento de CPMF).

9 comentários:

Sérgio Vianna disse...

De fato, um sociopata registrado em Conselho Federal de Socioputaria.

A entrevista, aquela publicada no jornal Estado de Minas, pois parece que houve outras, chega a ser cômica pelo festival de bobagens de mister FHC.

Num determinado momento o Imperador que criou o mundo diz que faz palestras em quatro idiomas, e que por isso, o Lula nem chega aos seus pés como palestrante.

Em outro momento revela o ancião de Higienópolis que é dele a criação dos programas sociais nos quais Lula apenas surfou. Então o povo é um cretino, é o que dá pra concluir, pois nunca reconheceu nele, FHC, o papel de pai dos pobres.

Mágoas, rancor, frustração... FHC é um poço de ódio.

Vai ficando cada vez mais triste o fim de vida do mais maligno presidente do país, aquele que acumulou-nos uma dívida pública de quase 900 bilhões de dólares em oito anos.

Marcio Tavares disse...

Sérgio, eu costumo dizer que se tirar a tortura (embora o desemprego seja uma das formas mais dolorosas de tortura), FHC foi muito pior que os milicos. O regime militar, com todas as sua mazelas tinha um projeto nacional - do qual eu discordava em parte - mas tinha. FHC foi um degenerado, um pulha, um ladrão e ainda por cima desumano. Nunca me esqueço de quando ele falou dos inimpregáveis. Ou seja, aqueles que tinham mais era que se contentar em morrer de fome porque no mundo atual não havia lugar para eles.
Num certo sentido - agora eu vou ousar - FHC foi pior que Hitler. Ele matou muitos brasileiros e o fe aos poucos. O Joel deve se lembrar dos Espelhos (jornais) com matérias sobre suicídios de empregados do BB. Um abração.

ruy garcia disse...

Caro Márcio,
Já que você citou o caso dos funcionários do BB vou, rapidinho, te contar o meu caso:
- em 1996, com 27 anos de BB, aderi ao PAQ, ou seja, saí do Banco por conta de um acordo que, entre outras coisas, me garantiria a aposentadoria pela PREVI, pois o Banco iria se responsabilizar por minhas contribuições durante o período de 4 anos; como ainda existia a aposentadoria proporcional pelo INSS (30 anos), só faltavam 3 anos para eu me aposentar.
FHC promoveu uma reforma na previdência que extinguiu a proporcional. Eu fui obrigado a solicitar a devolução de minhas contribuições à PREVI (tenho uma ação na justiça, que tramita desde 1998, que questiona o cálculo do valor devolvido).
Aos trancos e barrancos, com a ajuda de minha mulher e filhos, consegui me aposentar em 2005, pelo INSS, com 5 salários mínimos, em função do famigerado Fator Previdenciário, outra "obra" de FHC; hoje recebo 3 salários e meio.
O valor das contribuições que o BB fez à PREVI (o dobro do valor das pessoais), foi devidamente embolsado; hoje está sendo distribuído aos aposentados do BB em função do Superavit monstruoso acumulado por ela.
É isso aí.
Espero que meu neto, que está completando 3 meses, consiga receber alguma coisa do que me é devido.
PS: esta é a situação, para melhor ou para pior, de milhares de ex-funcionários.
Uma boa parte já morreu ou se suicidou.

Marcio Tavares disse...

Ruy, infelizmente nós nos livramos desse canalha, mas muitos como você ainda sofrem pela desumanidade do governo daquele sociopata.

ruy garcia disse...

Márcio,
Obrigado pela solidariedade e desculpe pelo desabafo.
Criaram uma associação de demitidos que está tentando alguma coisa junto ao Congresso. Há até um projeto de lei que prevê a reintegração ou a aposentadoria.
Mas, infelizmente, não tenho lá muita esperança nisso não. Mas, quem sabe...
Um abraço.

Marcio Tavares disse...

Ruy, recentemente houve até uma festa para os empregados do BNDES (onde eu trabalhei) para saudar os colegas que foram reintegrados.
Por que será que no BB seria diferente?
Se você quiser se inteirar mais, ligue para a AFBNDES 2532-0163. Fale com o vice-presidente Hélio e diga que é meu amigo.

ruy garcia disse...

Márcio,
Vou passar o telefone para o pessoal que está trabalhando em Brasília para ver se consegue a reintegração. Muito obrigado pela dica.

ruy garcia disse...

Márcio,
O telefone é do Rio, é 021?

Marcio Tavares disse...

Ruy, é o 021. Estou torcendo por vocês.