segunda-feira, 5 de março de 2012

Villa-Lobos 125 anos

Os idiotas de sempre diziam que ele fazia o fundo musical para a ditadura Vargas. Mas, na verdade, ele aproveitou a única coisa boa do Estado Novo que era o nacionalismo para valorizar nossa música.

Foi o idealizador do canto orfeônico e organizava corais de milhares de vozes no Campo do Vasco da Gama.

Grande maestro Villa-Lobos, orgulho da cultura brasileira!

Um comentário:

Joel Bueno disse...

Minha mãe era normalista e cantava nesses corais gigantescos.