domingo, 29 de abril de 2012

Bossa nova, sempre nova

Ainda mais com Luizinho Eça no piano, Bebeto no baixo e Helson Milito na batera.
Tristeza de Nós Dois, uma das canções mais lindas dessa época fantástica. Composição de Durval Ferreira, Mauricio Einhorn e Bebeto. Curtam:




3 comentários:

Sérgio Vianna disse...

Na Taça Guanabara vocês nos eliminaram nos penaltis.

Na Taça Rio deu nós, invictos. E vocês nem por lá passaram.

Agora vem o Campeonato. É nós e vós, tá sabendo, não?

Um raio não cai no mesmo lugar de outro. Estamos embalados. Vocês, descansando. Mas tem a Liberta no meio do caminho.

Domingo começamos a medir o tamanho de nossos chifres, viu??

José Marcio Tavares disse...

Sério, torço para que meu time seja o vencedor (não campeão, porque campeão é de campeonato) desse monstrengo que chamam de Campeonato Estadual do RJ. Venho dizendo há anos que esse regulamento é estapafúrdio, maluco e, em muitos casos, injusto.
Mas, do fundo do coração, tenho convicção que o Fogão merece o título.

José Marcio Tavares disse...

Embora não tenha ficado sem sentido, em tempo: no lugar de "Sério", leia-se "Sérgio".