sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Empresa de Verônica Serra divulgou sigilo de 60 milhões de brasileiros

Bisbilhoteiros
A revista Carta Capital, em sua edição que chegou às bancas no dia de hoje, em irrespondível matéria do jornalista Leandro Fortes, demonstra que a Decidir.com – empresa de Verônica Serra, filha do candidato do PSDB à presidência da República – após conseguir de forma irregular junto ao Banco do Brasil (por lobby do papai), o poderoso e vasto banco de dados de mais de 60 milhões de cidadãos brasileiros através de acordo operacional com aquela instituição oficial, durante o governo de FHC, disponibilizou-os em seu site. Informações de cadastro do Banco Central do Brasil, também estavam para a filha de Serra e sua empresa venderem a seus eventuais clientes. O presidente do BC à época era o tucano Armínio Fraga.

Alguns trechos da reportagem: "Em 30 de janeiro de 2001, o peemedebista Michel Temer, então presidente da Câmara dos Deputados, enviou um ofício ao Banco Central, comandado à época pelo economista Armínio Fraga. Queria explicações sobre um caso escabroso."

3 comentários:

Joel Bueno disse...

Fora de pauta.
Teu amigo violonista toca muito bem, mas não tem o menor senso de humor. Só agora li o comentário que ele fez no meu posto sobre o Ivan e o Partidão. Que coisa!...

Marcio Tavares disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Marcio Tavares disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.